VOCÊ SABE O QUE SÃO PRODUTOS GOURMET E COMO O SEU CONSUMO SE COMPORTA NO VAREJO?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Gourmet é um estilo de culinária mais elaborada e requintada que atende as exigências de gostos de consumidores mais exigentes quanto à aparência e qualidade de pratos, produtos ou bebidas.

A palavra Gourmet se refere à ideia de qualidade de comidas e bebidas preparadas e servidas dentro de padrões estabelecidos utilizando critérios da alta cozinha. São os chamados pratos gourmet produtos gourmet.

O termo é originário da França (Houte Coisene – Alta Cozinha) e define a cultura da chamada “arte culinária” que utiliza produtos de alta qualidade e propõe uma apresentação artística dos itens servidos.

Estes produtos são geralmente requintados e por isso mais caros. Muitas vezes são produtos fabricados em quantidades limitadas ou com características exclusivas. Portanto, a beleza e apresentação do prato é tão importante quanto seu sabor.

O conceito de produtos gourmet

Em síntese, um produto gourmet é um alimento básico que é transformado em uma mercadoria com alto valor agregado, passando do status de comum para diferenciado. Só que a diferenciação não acontece apenas por um apelo de inovação, e sim pelas características da cadeia produtiva.

Nesse caso, a justificativa de um custo mais alto para o consumidor está realmente na qualidade dos produtos, que são feitos a partir de ingredientes e modos de preparo mais refinados e sofisticados.

Um bom exemplo disso está no setor de bebidas alcoólicas, em especial de vinhos e cervejas, queijos e doces e geleias com destaques aos produtos artesanais. Em larga escala, você sabe, há muitas opções básicas desses produtos, que servem para o consumo geral. E o custo tende a não ser alto.

Há rótulos, porém, mais sofisticados, que oferecem uma experiência gustativa mais intensa e especial que, em grande parte, advém da proposta de produção: uma combinação entre insumos melhores e métodos de preparo e embalagem mais criteriosos.

E é justamente por causa de todo esse cuidado que os produtos gourmet realmente têm um padrão mais elevado, com melhor valor nutricional e mais sabor, e não ficam só no modismo: a produção dos bens pode ter longa data.

E o que mais a personalização dos itens gourmet tem de notável? A aproximação do consumidor das origens do produto, o que gera não só um valor de capital, mas emocional.

Consumo de produtos diferenciados ocorre em todas as classes

E apesar da crise econômica, este é um mercado que tem permanecido aquecido basicamente porque seu público-alvo tem maior capacidade para superar esse momento difícil. Estamos falando das classes A e B que, com maior renda e estofo para aguentar os baques vividos no Brasil, consegue atender seus gostos sem precisar fazer grandes adequações.

Porém, vale ressaltar que as classes mais baixas possuem um comportamento comum em relação às mais altas: tendem a segurar os gastos em produtos básicos para manter ao menos pequenos luxos diários. Esses dados foram obtidos pela consultoria dunnhumby, que trata de ciência do consumidor, que mapeou os hábitos de consumo de 22 milhões de brasileiros em 2016.

Especialistas explicam que isso ocorre por conta de uma necessidade humana de autorrealização, de dar-se um afago, fazendo com que o que ganha mensalmente não seja totalmente direcionado para as despesas e gastos comuns.

Consumir produtos gourmet, com atrativos diferenciados, são como presentes que melhoram a autoestima da pessoa. Afinal de contas, quem não gosta de um agrado, de consumir algo diferente, inédito a seu paladar, olfato, visão, não é mesmo? Ou também, muitas vezes são alimentos que remetem lembranças de afetividade como o comfort food. Desta forma, o mercado gourmet se coloca cada vez mais como um bom atrativo para as empresas do setor de alimentos.

Os produtos gourmet no varejo

Pensando a partir de todos esses esclarecimentos, dá para ver bem que investir em produtos gourmet no varejo de alto padrão pode ser muito interessante.

E para manter uma clientela fiel, disposta a investir em qualidade, o segredo do negócio é trabalhar com marcas confiáveis e oferecer produtos realmente diferenciados!

Mas, para que as mercadorias tenham saída e o faturamento seja mantido, mais que bons produtos, atenção aos mínimos detalhes é algo que não pode faltar. Anote aí o checklist que preparamos para o seu negócio:

  • entender as mercadorias e criar argumentos certeiros para vendê-las;
  • analisar tendências e aproveitar somente aquelas adequadas ao seu estabelecimento;
  • conhecer os fornecedores e certificar-se sobre os métodos de produção;
  • estabelecer bom relacionamento com os clientes e estimular indicações;
  • organizar o layout da loja para favorecer o estímulo de compra.

Além disso tudo, há dois cuidados que merecem uma atenção a mais. O primeiro é oferecer uma experiência única ao cliente. Quem não gosta de degustar um produto para ter certeza antes de fazer a compra? Estimular o olfato, a visão e o paladar é definitivo quando o assunto é gastronomia.

Então, separe uma parte do estoque para oferecer provas e ganhar seus consumidores pelas vantagens reais dos produtos.

E o segundo, mas não menos importante, é dar destaque ao aspecto visual das mercadorias. A embalagem e a etiquetagem, feitas adequadamente, são elementos básicos para que um produto chame a atenção.

E não falamos só de beleza, não: um material correto, que permita a boa visibilidade de informações, é um elemento indispensável para que o cliente tenha certeza na sua decisão de compra.

Certamente, você entendeu um tanto mais de como funciona o mercado de produtos gourmet e também você pode conferir e conhecer toda a linha de produtos Gourmet da Doces Carmen baixando o nosso catálogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *